Saiba como escolher um notebook para arquitetura

melhor notebook para arquitetura ranking

Para adquirir o produto certo e desenvolver seus projetos é preciso saber como escolher um notebook para arquitetura.

Ao decidir escolher um notebook para trabalho em projetos de arquitetura é necessário considerar sobre suas necessidades com o equipamento.

São vários os modelos disponíveis e cada um foi projeto para atender uma necessidade específica do mercado.

Para escolher um notebook para arquitetura eu considero dividir em duas categorias:

  • Notebook para planta baixa apenas (Autocad e Revit) e apresentação do vídeo e fotos para clientes;
  • Notebook para renderizar;

Sabendo qual das duas situações mais se encaixa na sua necessidade você poderá escolher entre os notebooks recomendados para arquitetura.

Fiz um vídeo que ajuda explicar como escolher um notebook para arquitetura

Escolhendo um notebook para arquitetura (Autocad e Revit / Lumion e Twinmotion)

5 coisas são importantes em um notebook para desenvolver planta baixa utilizando Autocad, Revit ou outro programa similar e para renderização no VRay, Lumion e Twinmotion.

  1. Processador;
  2. Memória RAM;
  3. Placa de vídeo dedicada;
  4. SSD;
  5. Resolução de Tela;

Processador para notebook de arquitetura

Para planta baixa: Normalmente um processador da linha Intel Core i3, i5 ou i7, ou da linha Ryzen da AMD é o suficiente para o funcionamento do software Autocad, Revit ou Similar. O recomendado são processador com pontuação acima de 2500 pontos no passmark (todos os notebooks cadastrados aqui possuem essa pontuação da listagem). Por isto não recomendo nenhum notebook que contenha processador Celeron, Pentium ou Atom.

Para Render e 3D: Neste caso os programas também pedem 2500 pontos no passmark, porém recomendo fortemente um processador com 6000 pontos ou mais, normalmente um i5 ou i7 dará conta do recado, o motivo para isto é que muitos processos rodam por trás e é melhor ter sobrando do que faltar processamento na hora da necessidade, é o mesmo caso para a memória RAM.

Memória Ram para notebook de arquitetura

Memória Ram para planta baixa: 8GB de memória é o suficiente para conduzir projetos de até 100Mb em qualquer um dos programas, não será necessário mais do que isto e menos (no caso as opções são de 4GB) não será suficiente.

Memória Ram para Render e 3D: Neste caso varia de acordo com os tamanhos dos projetos que você trabalho, mas dificilmente eu recomendaria um notebook com menos de 16GB de memória RAM, principalmente por causa da importação dos modelos para o Twinmotion e Lumion e também na hora de renderizar vídeos. Se caso você deseja trabalhar com VR e 360º pense seriamente em notebooks com 24GB ou 32GB. Se for projetos em grande escala como estádios de futebol detalhados pense em 64GB. Na grande maioria dos casos 16GB dará conta, com um tempo de renderização um pouco maior.

Por exemplo, um supermercado detalhado com produtos nas prateleiras de 1000m² leva em torno de 8h para renderizar em meu notebook com 16GB de RAM.

Placa de Vídeo Dedicada para Notebook de Arquitetura

A quantidade de placas de vídeo para notebook é enorme, e os códigos que dão para elas não facilita nada o trabalho de identificar qual a melhor para cada situação, para isto o kilobyte Notebooks possui um ranking baseado em benchmarking de aplicativos confiáveis de avaliação das placas de vídeo.

Placa de vídeo para planta baixa: Não é tão exigente assim com a placa de vídeo, mas sinceramente não recomendo nenhuma opção com menos de 2GB de memória para vídeo dedicado. Trava muito e gera muito conflito com o acelerador de hardware dos aplicativos de planta baixa Autocad e Revit principalmente. Mesmo com a memória sendo o destaque principal avalie a pontuação da placa de vídeo. Se sua intenção é apenas para planta baixa não há problema, mas dê preferência para placas com pontuação acima de 2500 pontos.

Placa de vídeo para render e 3D: Este é o componente mais importante de um notebook para Render e 3D, a placa de vídeo para utilizar o Lumion, Twinmotion e outros aplicativos de renderização deve ter pelo menos 4GB de memória de vídeo, sendo recomendado 6GB ou 8GB, mas com a pontuação de vídeo do Kilobyte fica bem fácil escolher o notebook:

  • Cenas simples: 7000 pontos de vídeo ou mais; (Projetos de 500m²)
  • Cenas intermediárias: 14000 pontos de vídeo ou mais; (Projetos de 1500m² detalhados)
  • Cenas Ultra complexas: 20000 pontos de vídeo ou mais; (Projetos grandes e muito detalhados)

SSD para Notebook de Arquitetura

Em ambos os casos o SSD tem grande utilidade para aumentar a velocidade no processo de importação de arquivos, abrir o programa, abrir o arquivo específico do cliente. Por mais que o notebook seja potente utilizar um HD convencional pode fazer esta etapa do processo ser 5 vezes mais lenta do que utilizando um SSD.

Resolução de Tela para notebook de Arquitetura

Procure notebooks com resolução FULL HD (1920 x 1080 pixels), a referência é a segunda medida 1080, medidas menores do que esta torna bem difícil a utilização do software porque as barras de ferramenta costumam ficar fora da tela.

Conclusão

Todas estas características farão o notebook ser realmente funcional na hora de projetar e renderizar. A marca sinceramente é uma questão de gosto pessoal, porém as marcas que tem um cuidado especial com o acabamento destes notebooks são:

Você pode acessar os melhores notebooks para arquitetura onde nosso filtro já mostra apenas os notebooks que atendem todos estes requisitos.

 

Deixe uma resposta

Sua Avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir
Ajuda para escolher notebook?