Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/kilobyte/kilobyte.com.br/desenvolvedores/wp-settings.php on line 520

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/kilobyte/kilobyte.com.br/desenvolvedores/wp-settings.php on line 535

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/kilobyte/kilobyte.com.br/desenvolvedores/wp-settings.php on line 542

Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/kilobyte/kilobyte.com.br/desenvolvedores/wp-settings.php on line 578

Deprecated: Function set_magic_quotes_runtime() is deprecated in /home/kilobyte/kilobyte.com.br/desenvolvedores/wp-settings.php on line 18

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/kilobyte/kilobyte.com.br/desenvolvedores/wp-settings.php:520) in /home/kilobyte/kilobyte.com.br/desenvolvedores/wp-includes/feed-rss2.php on line 8
Kilobyte Desenvolvedores http://kilobyte.com.br/desenvolvedores Programando o Mundo. Mon, 19 Apr 2010 07:41:28 +0000 http://wordpress.org/?v=2.7.1 en hourly 1 Reorganizando seção http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/reorganizando-secao/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/reorganizando-secao/#comments Mon, 19 Apr 2010 07:41:28 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=159 Nós estamos reorganizando todo o nosso blog, o objetivo é claro é dominar o mundo.

Por um longo período vimos que a maioria das seções ficou meio que “abandonadas”, principalmente a de Desenvolvedores. Mas a coisa toda está mudando.

Estou criando um planejamento de conteúdo completo para esta seção, que será uns dos carros-chefe do Kilobyte.

Enquanto não botamos em prática todo o planejamento fique com alguns links que são interessantes:

Cursos:

Curso Hacker Para Iniciantes

Curso – Como fazer um ar condicionado caseiro – apostila grátis

Curso – Como aumentar a inteligencia – grátis

Colheita Feliz – Dicas e Truques para melhorar sua fazenda

Apostila de Ajax Grátis

Curso de Web Design Grátis com Apostila

Curso Avançado de Montagem e Manutenção Grátis

Curso de Hipnose grátis

Curso grátis: Como ganhar dinheiro na internet

]]>
http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/reorganizando-secao/feed/
Explorar o Projeto de Exemplo JUnit do Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/explorar-o-projeto-de-exemplo-junit-do-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/explorar-o-projeto-de-exemplo-junit-do-rational-team-concert/#comments Mon, 08 Jun 2009 03:56:25 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=153 Este breve guia é uma companhia para o projeto de exemplo JUnit do Rational Team Concert. Ele fornece uma visão geral de alto nível para que você possa começar a explorar por si próprio.O projeto JUnit é baseado em um projeto de desenvolvimento de software realista cujo objetivo e fornecer o JUnit Versão 4.4. A equipe está utilizando o Rational Team Concert para planejar, rastrear, colaborar e fornecer o release. Quando o projeto JUnit de amostra é criado no Jazz Team Server, você verá artefatos existentes como se a equipe já tivesse começado seu trabalho.

Objetivos do Aprendizado

Ao ler este guia, você deve entender o suficiente para começar a experimentar e aprender mais, mas não oferece uma orientação passo a passo pelo projeto.

Tempo Necessário

20 minutos

1. Criando o Projeto de Exemplo JUnit

Para criar o projeto de exemplo JUnit em umJazz Team Server, você deve ter permissões do JazzAdmin e ser designado com uma Licença de Acesso do Cliente de Desenvolvedor.Abra o assistente de Configuração do Projeto de Exemplo do Team Concert: Clique em Arquivo > Novo > Exemplo e siga os prompts para instalar o projeto de exemplo do Team Concert.

2. Usuários da Área do Projeto JUnit e Licenças de Acesso do Cliente

O projeto de exemplo JUnit inclui oito usuários. Você pode fazer login no projeto JUnit como qualquer um destes membros da equipe para obter diferentes perspectivas sobre funções e designações. Entretanto, para explorar totalmente o projeto JUnit como um destes usuários, o usuário precisa ser designado com uma Licença de Acesso do Cliente de Desenvolvedor. O número de licenças que você pode designar para este exemplo é limitado pelo número de licenças restantes em seu servidor.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaDica: Cada senha inicial do usuário é a mesma que o seu ID do usuário. Por exemplo, a senha de Bill é “bill”. Se você planeja realizar uma exploração extensiva em um servidor de teste, você pode desejar alterar estas senhas iniciais.

Tabela 1. Usuários na Área do Projeto JUnit
Usuário ID do usuário / senha Função/descrição
Bill Cassavelli bill / bill Líder de projeto JUnit. Bill é o líder de componente para a equipe JUnit. Ele configura os planos de iteração e é o proprietário de diversos itens de trabalho de alto nível para o release.
Construir build / build Usuário especial para execução de construções
Freddy Freund freddy / freddy
Jason Mitchell jason / jason Membro da equipe JUnit. Um número de itens de trabalho são designados para Jason.
Jennifer Ginness jennifer / jennifer
Markus Kent markus / markus Membro da equipe JUnit. Um número de itens de trabalho são designados para Markus.
Marlene Stamp marlene / marlene
Rick Yuen rick / rick

Saiba mais sobre CALsLicenças de Acesso do Cliente controlam a quais usuários é concedido acesso a determinados recursos no Jazz Team Server. O número de Licenças de Acesso do Cliente disponível depende da edição do Rational Team Concert que você está utilizando. Em geral, um usuário que possui uma Licença de Acesso do Cliente de Desenvolvedor tem autoridade para criar artefatos, enquanto um usuário com uma Licença de Acesso do Cliente de Contribuidor pode criar itens de trabalho, mas pode apenas visualizar a maioria dos outros artefatos.

Para obter informações adicionais, consulte Rational Team Concert 1.0.1 edições e licenças e Gerenciando Licenças de Acesso do Cliente.

Para designar licenças para usuários:

  1. Efetue login na área do projeto JUnit como um usuário que tem privilégios de administrador (ADMIN/ADMIN em uma nova instalação de servidor).
  2. Na visualização Organização da Equipe (Janela > Mostrar Visualização > Organização da Equipe), clique com o botão direito do mouse em Markus Kent e clique em Abrir.
  3. No editor de Usuários, sob Licenças de Acesso do Cliente, selecione Rational Team Concert - Desenvolvedor e clique em Salvar. Esta imagem mostra o editor de Usuários com as Licenças de Acesso do Cliente sendo definidas

Resultados

A visualização Organização da Equipe mostra apenas os usuários que fazem parte da equipe JUnit. Para designar Licença de Acesso do Cliente para outros usuário, utilize a interface da Web do Jazz Team Server (clique em Admin > Gerenciamento de Usuários). Esta interface lista todos os usuários no servidor:

Seção Gerenciamento de Usuários da interface da Web do Jazz Team Server Dica:

Para efetuar login como um usuário diferente, modifique as propriedades da sua conexão do repositório e especifique um ID do usuário diferente:

Alterando as Propriedades de Conexão para Efetuar Login como um Usuário Diferente

3. Iterações e Trabalho Planejado do Projeto JUnit

O projeto JUnit está utilizando uma abordagem ágil e iterativa para concluir o release 4.4 do JUnit. A equipe está seguindo o processo do Eclipse Way e definiu diversas iterações. Para cada iteração, a equipe criou um documento do plano e definiu itens de trabalho para tal iteração.

  1. Você pode visualizar as Iterações de Processo abrindo o projeto JUnit no editor Área do Projeto: Iterações do processo JUnit
  2. Para examinar os planos de iteração, abra um plano da visualização Artefatos da Equipe: Nó de planos na visualização Artefatos da Equipe mostrando planos JUnit
  3. Consulte o plano de iteração do JUnit 4.4M2. Na guia Itens Planejados, você pode visualizar todos os itens de trabalho que são planejados para tal iteração. Dica: No Editor de Planos, você pode alterar rapidamente determinados atributos de itens de trabalho através da utilização dos menus drop-down: Alterando uma prioridade de item de trabalho do Editor de Planos
  4. Para visualizar os detalhes de um item de trabalho, dê um clique duplo no item da página Itens Planejados. Ela é aberta no editor de itens de trabalho, onde você pode fazer alterações dependendo de sua função e da configuração do processo.Por exemplo, se você tiver feito login como o membro da equipe JUnit Markus Kent, tente utilizar a seção Discussão para incluir um comentário no item de trabalho:Editor de itens de trabalho mostrando a discussão

4. Código-fonte do Projeto JUnit

O código JUnit está sob controle de origem no repositório do Jazz Team Server. Markus e outros membros da equipe (aos quais você designou uma Licença de Acesso do Cliente de Desenvolvedor) estão aptos a fornecerem alterações para o fluxo.Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

Na visualização Artefatos da Equipe, você pode visualizar se o projeto JUnit inclui um único fluxo de controle de origem denominado JUnit, de propriedade da Equipe JUnit. O fluxo inclui um único componente, também denominado JUnit. Na captura de tela a seguir, o componente JUnit é a linha de base inicial.

Fluxos, componentes e espaço de trabalho do repositório carregado JUnit mostrados na visualização Artefatos da Equipe

Você também pode observar na captura de tela acima que o usuário atual carregou um espaço de trabalho do repositório denominado JUnit. Você pode procurar e carregar outros espaços de trabalho do repositório do usuário ou pode criar seu próprio espaço de trabalho do repositório.

Quando um espaço de trabalho do repositório é carregado, os projetos que fazem parte dos componentes carregados estarão disponíveis para você trabalhar dentro do seu ambiente de desenvolvimento. No componente JUnit, há três projetos:

Os projetos do código-fonte JUnit source carregados e visíveis no Package Explorer Saiba mais sobre o controle de origem do JazzApós ter explorado um pouco, você pode querer saber mais sobre alguns dos conceitos e tarefas de controle de origem do Jazz.

Leia a seção Visão Geral do Controle de origem do Jazz para saber mais sobre fluxos, componentes, espaços de trabalho do repositório e outros conceitos.

Experimente fazer uma alteração no arquivoJava e fornecer tal alteração na visualização Alterações Pendentes. A boa prática é associar sua alteração com o item de trabalho relacionado. Fornecendo um conjunto de alterações na visualização Alterações Pendentes

5. Construções do Projeto JUnit

O projeto JUnit inclui uma definição da construção e um mecanismo da construção. Para explorar e experimentar construções JUnit, você precisará configurar e iniciar um mecanismo da construção utilizando o kit de ferramentas de construção instalado separadamente.Antes de Iniciar

  • Para executar um mecanismo da construção, você deve ter o Kit de Ferramentas do Sistema de Construção do Rational Team Concert instalado. O kit de ferramentas pode ser instalado a partir da barra de ativação da instalação ou pode ser transferido por download do jazz.net. Se instalado, você terá uma pasta installdir/buildsystem.
  • Neste exemplo junit, o ID do usuário “build” deve ser designado a uma Licença de Acesso do Cliente do Sistema de Construção.

Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaPara iniciar um mecanismo da construção para o projeto JUnit:

  1. A partir de uma linha de comandos, navegue até installdir/buildsystem/buildengine/eclipse, em que installdir é o diretório de instalação.
  2. Digite o comando a seguir:
    jbe -repository https://localhost:9443/jazz -userId build -pass build -engineId junit -sleeptime 5

    Quando você iniciar de forma bem-sucedida o mecanismo com o kit de ferramentas da construção, ele esperará pela chegada dos pedidos. Apenas definições de construção que são definidas para execução neste mecanismo da construção específico serão suportadas. Janela de comandos mostrando um mecanismo da construção em execução e aguardando por um pedido

  3. Solicite uma construção junit: Solicitando uma construção
  4. Quando a construção é concluída, abra os resultados da construção a partir da visualização Construções. Consulte as guias Resumo, Compilação e JUnit do resultado da construção para ter uma impressão sobre os tipos de informações que você pode visualizar a partir de um resultado de construção.

O que Fazer DepoisDica: Tente planejar a construção junit para executar automaticamente a cada 30 minutos. Para isto, edite a guia Planejar da definição da construção (clique com o botão direito do mouse na construção junit na visualização Artefatos da Equipe e clique em Abrir Definição da Construção). Saiba mais sobre construções de equipesLeia a seção Construindo com o Jazz na Ajuda para saber mais sobre o Team Build, como gerenciar e administrar construções. Você também pode começar a aprender sobre as tarefas Ant da construção que você pode utilizar ao criar seus próprios scripts de construção.

6. Relatórios de Projetos JUnit (apenas Standard Edition)

Se você planeja explorar o projeto JUnit em profundidade, será capaz de utilizar relatórios para rastrear o progresso e monitorar as áreas de projeto e equipes JUnit. Entretanto, como os relatórios requerem dados históricos agregados, o projeto JUnit não possui nenhum ponto de dados inicial para começar a construir relatórios.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaOs relatórios utilizam um armazém de dados que normalmente faz capturas instantâneas dos dados do repositório. Estas capturas instantâneas fornecem os pontos de dados históricos que são requeridos para os relatórios. Se você desejar visualizar relatórios para JUnit, precisará iniciar uma ou mais capturas instantâneas ao longo do tempo. Por exemplo, você pode fazer uma captura instantânea agora, então fornecer algumas alterações de código, executar algumas construções ou abrir alguns itens de trabalho e então fazer outra captura instantânea.

Para iniciar manualmente uma captura instantânea de dados:

  1. Certifique-se de que Markus Kent tenha permissões JazzDWAdmin, então efetue login na interface da Web do Rational Team Concert como Markus. Nota: Se você concedeu a Markus Kent a permissão JazzAdmin, ele pode designar a si mesmo a permissão JazzDWAdmin. Caso contrário, você deve efetuar login com seu próprio ID do usuário para designar a permissão JazzDWAdmin para Markus.
  2. Vá para a página Relatórios e clique em Administrar Armazém de Dados.
  3. Clique em Atualizar Todos os Dados de Captura Instantânea.

ResultadosApós ter várias capturas instantâneas que representam pontos no tempo, você começará a visualizar mais valor nos relatórios que visualiza para o projeto JUnit. O que Fazer DepoisVocê pode executar relatórios de dois locais:

  • A página Relatórios da interface da Web:Página Relatórios da interface da Web
  • Nó Relatórios sob o projeto JUnit na visualização Artefatos da Equipe :Relatórios abertos a partir da visualização Artefatos da Equipe

Saiba mais sobre a criação e visualização de relatóriosLeia a seção Rastreando Dados com Relatórios na Ajuda para saber mais sobre os recursos de relatório.

7. Explore o Projeto JUnit na Interface da Web

A maior parte deste guia o conduziu através do rich client. A interface da Web do Rational Team Concert também fornece um ambiente rico onde você pode atender a muitos dos mesmos objetivos de colaboração com sua equipe.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaProjeto JUnit na interface da Web Para explorar a área do projeto JUnit na interface da Web:

  1. Abra um navegador na interface da Web. Se você estiver executando localmente, a URL padrão é esta:https://localhost:9443/jazz/web/projects/JUnit%20Project
  2. Consulte a interface da Web. Por exemplo:
    • Localize e crie itens de trabalho na página Itens de Trabalho
    • Procure o código-fonte no repositório na página Controle de Origem
    • Revise os planos do projeto na página Planos de Iteração
    • Trabalhe com painéis de equipe e pessoais na página Painéis (apenas Standard Edition)
    • Consulte o status e o progresso do projeto na página Relatórios (apenas Standard Edition)

Resumo

Neste mini-tutorial, você aprendeu sobre os conceitos básicos do projeto de exemplo JUnit. O projeto JUnit é uma excelente maneira de explorar e começar a aprender como utilizar o Rational Team Concert para colaborar com uma equipe em um projeto de desenvolvimento de software.

Lembre-se: Quando tiver terminado de trabalhar com o projeto de exemplo JUnit, remova as Licenças de Acesso do Cliente dos usuários de exemplo. Isto libera as licenças para serem designadas aos usuários reais.

]]>
http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/explorar-o-projeto-de-exemplo-junit-do-rational-team-concert/feed/
Sorteio 10 Pen Drives com o Rational Team Concert Standard http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/sorteio-10-pen-drives-com-o-rational-team-concert-standard/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/sorteio-10-pen-drives-com-o-rational-team-concert-standard/#comments Fri, 05 Jun 2009 18:08:53 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=149 Galera, é o seguinte, estamos sorteando 10 pen drives da Kingston de 2GB contendo o programa Rational Team Concert Standad. A promoção é só HOJE e está com poucos participantes, então o pen drive é quase garantido.

;)

Para participar basta enviar uma frase para esse email ( ibm-concurso@kilobyte.com.br ) respondendo:

Por que o Rational Team Concert pode ajudar no desenvolvimento de projetos

Link do Rational Team

Resultado sai domingo, dia 7 de junho.

]]>
http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/sorteio-10-pen-drives-com-o-rational-team-concert-standard/feed/
Introdução ao Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/introducao-ao-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/introducao-ao-rational-team-concert/#comments Tue, 12 May 2009 21:26:47 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=6 Esse tutorial visa mostrar alguns dos principais componentes e recursos da Plataforma Jazz encontrados no Rational Team Concert da IBM. Apesar de ser um tutorial prático você poderá apenas ler para ter uma noção de como funciona o programa.

Com ele você aprenderá:

Antes de começar, você deve ter o seguinte instalado e ter permissões JazzAdmin:

Pode baixar os dois diretamente do site da IBM linkado.

Tempo Necessário

Você deve planejar reservar algumas horas para concluir este tutorial. Se você explorar outros conceitos relacionados a este tutorial, ele pode levar mais tempo para ser concluído.

]]>
http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/introducao-ao-rational-team-concert/feed/
Parte 8 - Construções de Equipes - Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/construcoes-de-equipes-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/construcoes-de-equipes-rational-team-concert/#comments Tue, 12 May 2009 21:21:44 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=110

O foco desta seção é examinar a interface com o usuário de construção do Jazz a partir da perspectiva de um desenvolvedor que é um consumidor do que a construção doRational Team Concert fornece. Entretanto, você precisará realizar alguma configuração que poderia ser realizada normalmente por seu administrador de construções ou engenheiro de release. Fazer com que construção do Rational Team Concert produza o que o projeto necessita pode envolver um pouco de customização e adaptação dos scripts de construção para atender aos requisitos do seu projeto. Felizmente, a construção do Rational Team Concert facilita a sua execução para que você possa visualizar como ele opera exatamente como se estivesse trabalhando para sua equipe.

Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

O Sistema de Construção do Rational Team Concert é um componente fundamental do Rational Team Concert. Por si só ele não constrói nada, mas ele fornece a infra-estrutura para recuperar o trabalho da sua equipe do repositório do Rational Team Concert, torna-o disponível para seus scripts de construção e fornece os resultados para o Rational Team Concert. Você, como um usuário do Rational Team Concert e consumidor das construções, pode monitorar as construções em execução e acessar os resultados. Desde o início do Rational Team Concert, o Sistema de Construção do Rational Team Concert tem sido utilizado para construir o próprio Rational Team Concert.Como o Sistema de Construção do Rational Team Concert funciona? A seguir está uma visão geral:

  1. Definir um planejamento: Uma construção específica opera de acordo com um planejamento que você define. Volte a chamar a partir da seção no controle de origem doRational Team Concert que uma equipe compartilha seu trabalho de desenvolvimento em um ou mais fluxos de equipe.
  2. Verificar se há alterações: Quando é hora de executar uma construção para uma equipe, a construção do Rational Team Concert verifica se há quaisquer alterações no conteúdo dos fluxos das equipes e aceita as alterações, conhecidas como conjuntos de alterações, em seu próprio espaço de trabalho do repositório para que ele tenha uma cópia atual do(s) fluxos(s).
  3. Buscar conteúdo no repositório e executar construção: A construção então busca o conteúdo no espaço de trabalho do repositório para o sistema de arquivos no qual seus scripts de configuração realizam a construção.
  4. Publicar artefatos no repositório: Artefatos de construção são publicados no repositório do Rational Team Concert para acessos pelos usuários.
  5. Enviar notificação de que uma construção está concluída: O status de todas as construções é relatado em tempo real e você é automaticamente notificado quando as construções são concluídas.

O Sistema de Construção do Jazz inclui o mecanismo da construção do Jazz e o kit de ferramentas de construção do Jazz. A instalação e operação destes componentes é muito fácil. A partir do seu cliente Jazz você concluirá as seguintes tarefas:

  • Definir um script de construção (nos deixaremos que o seu cliente do Eclipse Jazz faça a maior parte do trabalho aqui)
  • Definir uma definição da construção que identifique seu script de construção
  • Definir um mecanismo da construção para executar a construção definida
  • Iniciar o mecanismo da construção que responderá aos pedidos de construção, executar construções e publicar resultados

Isto permitirá que você solicite uma construção, examine os resultados e explore a interface com o usuário da construção como se você fosse um desenvolvedor e um consumidor do que a construção do Jazz produz.Nota: Observe que as etapas de configuração são um pouco longas. Se você desejar, pode pausar agora e retornar posteriormente. Se você decidir não seguir a configuração da construção, deve ler a próxima seção intitulada Fazendo um Tour pela Interface com o Usuário de Construção do Jazz. Aqui você aprenderá como pode solicitar construções e examinar os resultados da construção.

Criando um Script de Construção

Para criar um script de construção:Antes de IniciarCertifique-se de que tenha uma conexão do repositório definida e que tenha efetuado login.

  1. Na visualização Package Explorer, clique com o botão direito do mouse em um projeto; em seguida, clique em Exportar.
  2. No assistente de Exportação, na página Selecionar, sob Geral, selecione Arquivos de Construção Ant e clique em Avançar.
  3. Na página Exportar, garanta que seu projeto e todas as caixas de opção estejam selecionadas e clique em Concluir.

ResultadosUm arquivo build.xml é incluído em seu projeto. Este arquivo utiliza linguagem de script Ant. Este script compilará seu projeto e produzirá arquivos de classe Java. Observe que ele é identificado como uma alteração de saída. build.xml incluído na visualização Package Explorer

Atenção: Não entregar o script Ant ainda.

Criando um Espaço de Trabalho Dedicado

Você pode criar um espaço de trabalho do repositório dedicado para ser utilizado pela definição da construção Jazz para o seu projeto. Durante uma construção, o mecanismo da construção Jazz, que é conectado ao repositório Jazz utilizando um identificador de usuários pré-designado, utiliza este espaço de trabalho do repositório para identificar o conteúdo a ser construído. Primeiro, ele aceita quaisquer alterações de entrada a partir do fluxo da equipe e então carrega o conteúdo do espaço de trabalho do repositório no sistema de arquivos local para processamento.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaNormalmente, você definiria um usuário dedicado (denominado construção, possivelmente) e definiria um espaço de trabalho do repositório para tal usuário. Neste tutorial, para simplicidade, a construção receberá esta designação extra.

Para criar um espaço de trabalho de construção dedicado:

  1. Na visualização Artefatos da Equipe, clique com o botão direito do mouse em Meus Espaços de Trabalho do Repositório; então clique em Novo Espaço de Trabalho do Repositório.
  2. No assistente Novo Espaço de Trabalho do Repositório, na página Selecionar um Fluxo, clique no botão de opção Fluir com Fluxo e na área de janela abaixo, selecione Fluxo da Equipe do Prelúdio (Equipe do Prelúdio).
  3. Clique em Avançar.
  4. Na página Novo Espaço de Trabalho do Repositório, verifique o nome do espaço de trabalho do repositório e clique em Avançar.
  5. Na página Componentes para Incluir, confirme que o componente do fluxo está selecionado e desmarque a caixa de opção Carregar Espaço de Trabalho do Repositório após a Criação.
  6. Clique em Concluir.

ResultadosAmbos os espaços de trabalho de repositórios são exibidos na sua visualização. Apenas o atual é carregado. O novo será utilizado pela construção.Ambos os espaços de trabalho do repositório incluídos na visualização Meus Espaços de Trabalho do Repositório

Criando uma Definição da Construção e um Mecanismo da Construção

Você pode criar uma definição da construção do Jazz para seu projeto. Você definirá este novo espaço de trabalho do repositório para utilização pela construção Jazz, assim quando a construção é executada, ela pode aceitar quaisquer alterações a partir do fluxo da equipe antes do início da construção.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaPara criar uma definição da construção:

  1. Na visualização Artefatos da Equipe, expanda a pasta do projeto.
  2. Clique com o botão direito do mouse em Construções; em seguida, clique em Nova Definição da Construção.
  3. No assistente Nova Definição da Construção, na página Nova Definição da Construção, aceite os padrões e clique em Avançar.
  4. Na página Informações Gerais, na área de janela Modelos de Construção Disponíveis, selecione Mecanismo da Construção Ant - Jazz e clique em Avançar.
  5. Na página Pré-construção, selecione Controle de Origem Jazz e clique em Avançar.
  6. Na página Pós-construção, aceite os padrões e clique em Avançar.
  7. Na página Configuração Adicional, garanta que todas as opções estejam selecionadas e clique em Concluir. O editor Definição da Construção é aberto.
  8. Crie um mecanismo da construção para a definição da construção:
    1. Na área de janela Mecanismos de Construção de Suporte, clique em Criar Mecanismo.
    2. Na caixa de diálogo Criar Mecanismo da Construção, no campo ID do Mecanismo, digite um identificador de mecanismo da construção.
    3. Clique em OK.
  9. Clique na guia Controle de Origem Jazz do editor Definição da Construção.
  10. Na área de janela Carregar Opções, no campo Carregar Diretório, digite fetched.
  11. Para especificar um espaço de trabalho do repositório, conclua as seguintes etapas:
    1. Na área de janela Espaço de Trabalho de Construção, clique em Selecionar
    2. Na caixa de diálogo Selecionar um Fluxo ou Espaço de Trabalho, na Área de Janela de Itens Correspondentes, selecione o espaço de trabalho de construção e clique em OK.
  12. Clique na guia Ant.
  13. No campo Construir Arquivo, digite o seguinte caminho: fetched/projectname/build.xml, em que projectname é o nome do seu projeto Java.
  14. No campo Início do Java, digite o caminho de arquivo do seu compilador Java. Por exemplo, C:Program FilesIBMTeamConcertjdk.
  15. Clique em Salvar.

ResultadosA configuração está concluída! Se você examinar a visualização Artefatos da Equipe visualizará a definição da construção e o mecanismo da construção listados.Definição da construção e mecanismo da construção na visualização Artefatos da Equipe

Fornecendo o Script de Construção

Antes de iniciarmos o mecanismo da construção para executar nossas construções, lembre-se de que o script de construção (build.xml) em seu projeto Hello Prelude não foi fornecido para o fluxo. Sem ele, o mecanismo da construção Jazz não terá as instruções necessárias para executar a construção. Vamos fornecer essa alteração agora.

  1. Na visualização Alterações Pendentes, sob Componente Padrão da Equipe do Prelúdio, clique com o botão direito do mouse em Não Resolvido; em seguida, clique em Efetuar o Registro de Entrada e Fornecer. Visualização Alterações Pendentes
  2. No Assistente Efetuar o Registro de Entrada e Fornecer, na área de janela Comentário do Conjunto de Alterações, digite um comentário e clique em Avançar.
  3. Na página Associar Item de Trabalho, selecione um item de trabalho existente ou crie um novo e clique em Avançar.
  4. Na página Novo Item de Trabalho, edite os campos e clique em Concluir.

Resultados: O script de construção agora está no fluxo. Quando a construção for executada, o script estará disponível.

Iniciando o Mecanismo da Construção

Iniciando o mecanismo da construção para preparar-se para executar uma construçãoPor Que e Quando Desempenhar Esta TarefaPara iniciar o mecanismo da construção:

  1. A partir de uma linha de comandos, navegue até installdir/buildsystem/buildengine/eclipse, em que installdir é o diretório de instalação do kit de ferramentas do servidor de construções
  2. Digite jbe -repository repositoryURL -userId username -pass password -engineId engine , em que
    • repositoryURL é a URL do seu repositório. Por exemplo, http://localhost:9080/jazz/.
    • username é um nome de usuário da construção.
    • password é a senha do usuário da construção.

ResultadosO mecanismo inicia e tem uma aparência semelhante a esta no console (você pode visualizar algumas outras mensagens também):

2007-12-11 16:08:47 Running build loop...
2007-12-11 16:08:47 Waiting for request...

Normalmente, você poderia especificar um ID do usuário de construção dedicado, não construção do usuário, mas isto é apenas uma demo. O valor -sleepTime de 1 (segundo) garantirá que os pedidos de construção sejam processados imediatamente.

O mecanismo da construção está aguardando para trabalhar. É o momento de executar uma construção.

Fazendo um Tour pela Interface com o Usuário de Construção do Jazz

Aprenda sobre as tarefas de construção que você pode realizar com a Construção Jazz

O cliente Jazz permite que você realize as seguintes tarefas de construção:

  • Solicitar que uma construção seja executada
  • Monitorar o status das construções
  • Consultar construções disponíveis
  • Inspecionar construções concluídas, identificar e recuperar os artefatos produzidos

Vamos examinar cada uma destas tarefas.

Solicitando uma Construção

Você pode solicitar uma construção a partir da visualização Artefatos da Equipe. Você também pode alterar propriedades de construção ou solicitar uma construção pessoal que não impacte o status da definição da construção e que execute em um espaço de trabalho que você especifica.Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

]]>
http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/construcoes-de-equipes-rational-team-concert/feed/
Parte 7 - A Interface com o Usuário da Web - Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/a-interface-com-o-usuario-da-web-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/a-interface-com-o-usuario-da-web-rational-team-concert/#comments Tue, 12 May 2009 21:19:18 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=94

Além da integração de alta qualidade do Rational Team Concert em um cliente Eclipse IDE, o Rational Team Concert também possibilita que você acesse diretamente um servidorRational Team Concert através de um navegador da Web. Isto é conhecido como a UI da Web doRational Team Concert. A UI da Web do Rational Team Concert é melhor ajustada para usuários casuais ou ocasionais do que o IDE porque ela não requer a instalação de um cliente Eclipse do Jazz; tudo o que é necessário é um navegador da Web.

Antes de Iniciar

No momento, a UI da Web do Jazz suporta Mozilla Firefox 1.5 e 2.0 e Internet Explorer 6 e 7.

Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaNesta seção você aprenderá:

  • Como conectar-se a um repositório a partir do seu navegador da Web
  • Como criar uma consulta de item de trabalho
  • Como procurar um item de trabalho
  • Como procurar um plano de iteração existente
  • Como visualizar arquivos armazenados no controle de origem do Jazz
  • Como acessar e definir um painel da UI da Web para monitorar seu projeto

Conectando-se ao Repositório a partir de um Navegador da Web

Utilizando um navegador da Web para acessar um repositório do Rational Team Concert

  1. Abra seu navegador da Web e vá para a URL para sua interface da Web do Jazz Team Server. A URL será como a seguinte:https://localhost:9443/jazz/web
  2. Efetue login como o usuário Chris (userID: chris; senha: chris) que você criou em uma lição anterior e clique em Prelúdio na lista de projetos.
  3. 1

ResultadosAgora você é capaz de navegar na área do projeto Prelúdio utilizando as diversas páginas da UI da Web.

Localizando Itens de Trabalho

Utilizando a UI da Web para localizar itens de trabalhoPor Que e Quando Desempenhar Esta TarefaA primeira área que você pode explorar é a página Itens de Trabalho. Assim como no Rational Team Concert no Eclipse, você pode consultar itens de trabalho a partir da UI da Web. Nas etapas a seguir, você definirá uma consulta que localiza itens de trabalho que são designados para Chris e são resolvidos.

  1. Clique na guia Itens de Trabalho no menu horizontal.
  2. No lado esquerdo da página, clique no botão Criar Consulta: O editor Consulta do Item de Trabalho é aberto.
  3. 2

  4. Clique no botão Incluir Condição (botão Incluir Condição) para incluir uma condição para a consulta.
  5. Selecione o atributo Status, em seguida, clique no botão Incluir Condição do Atributo.
  6. Para a segunda condição, selecione o atributo De Propriedade de e clique em Incluir Condição do Atributo.
  7. Na caixa da condição Status, selecione o valor Resolvido.
  8. Na caixa da condição De Propriedade de, selecione o usuário Chris. Neste ponto, sua consulta deve ter uma aparência semelhante a esta:
  9. 3

  10. No campo Nome, digite Resolvido por Chris.
  11. Clique no botão Executar para executar a consulta. Os resultados da consulta serão exibidos abaixo do editor de consultas. Você deve visualizar uma lista de itens de trabalho resolvidos de propriedade de Chris.
  12. 4

Procurando Itens de Trabalho

Você pode utilizar a UI da Web para visualizar detalhes do item de trabalho:

  1. A partir dos resultados da consulta anterior, clique no título do item de trabalho Compartilhar Código com o Controle de Origem do Jazz. O item de trabalho é aberto no editor de itens de trabalho. Na seção Visão Geral, observe as seções Detalhes, Descrição e Discussão:
  2. 5

  3. Clique na guia Links do editor de itens de trabalho para visualizar os artefatos da equipe que estão associados com este item de trabalho. Você pode visualizar que Chris entregou um conjunto de alterações que ele associou com este item de trabalho:
  4. 6

Perspectiva Planos de Iteração

A seção Planos de Iteração exibe os planos de iteração da área do projeto atual.

  1. Clique no link Planos de Iteração no menu principal.
  2. Como nós definimos apenas um plano de iteração, a UI da Web exibe imediatamente a página de visão geral do plano do Prelúdio para M1:
  3. 7

  4. Na página Visão Geral, clique em Itens Planejados para exibir os itens de trabalho planejados para esta iteração. Agrupe por proprietário e expanda cada membro da equipe para visualizar os itens planejados.
  5. 8

Perspectiva Controle de Origem

A perspectiva Controle de Origem fornece acesso de leitura a arquivos armazenados no repositório do Rational Team Concert.

  1. Clique na guia Controle de Origem no menu principal.
  2. No lado esquerdo da página, clique no Fluxo da Equipe do Prelúdio para visualizar os componentes que estão neste fluxo:
  3. 101

  4. Clique no Componente Padrão da Equipe do Prelúdio para visualizar Arquivos e Pastas contidos no componente: Você pode então procurar pastas e subpastas para visualizar um arquivo particular:
  5. 11

    Arquivos e pastas no Componente Padrão do Fluxo da Equipe

  6. Durante a visualização de um arquivo ou pasta, você pode clicar em Histórico para visualizar o histórico de tal arquivo:
  7. Histórico de arquivos no Controle de Origem da UI da Web

Perspectiva Painel da UI da Web

O Painel permite que você defina e organize seus painéis de projetos com um layout de viewlets dinâmicos que exibem diferentes facetas da área do projeto.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaNota: Nota: O Painel está disponível apenas na Rational Team Concert Standard Edition.

  1. Clique na guia Painéis no menu principal. Um painel padrão para a área do projeto do Prelúdio é exibido:
  2. Painel da área do projeto Padrão

  3. Para criar um novo painel para Chris, clique no botão Criar Painel.
  4. Clique no link Incluir Viewlet localizado no canto superior direito do painel para abrir o Seletor do Viewlet.
  5. Na lista de viewlets, selecione o viewlet Log de Eventos:
  6. Criando um novo viewlet do Log de Eventos

  7. Clique no botão Incluir Viewlet. O viewlet Log de Eventos agora é incluído no painel de Chris.
  8. Clique no botão Fechar (ícone do botão Fechar) do Seletor de Viewlet.

Resultados: Você acabou de criar um painel pessoal para Chris e o customizou com um log de eventos. Painel pessoal de Chris com um log de eventos

Alguns tipos de viewlets mostram o status atual, com consultas e feeds, enquanto outros tipos de viewlets relatam dados históricos agregados. Este tipo histórico de dados se tornará útil apenas quando o armazém de dados contiver capturas instantâneas suficientes para fornecer uma imagem clara do progresso ao longo do tempo.

Nesse meio tempo, há um exemplo de um painel do projeto de desenvolvimento do Jazz:

Painel de Amostra da UI da Web do Rational Team Concert

]]>
http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/a-interface-com-o-usuario-da-web-rational-team-concert/feed/
Parte 6 - Controle de Origem - Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/controle-de-origem-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/controle-de-origem-rational-team-concert/#comments Tue, 12 May 2009 21:18:28 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=79

O componente do controle de origem manipula o armazenamento, a recuperação e o compartilhamento do código-fonte e outros artefatos em seu projeto. O suporte de controle de origem do Rational Team Concert (SCM) é fácil de utilizar para uma variedade de cenários de desenvolvimento mas é um pouco diferente do arquivo regular baseado em sistema SCM. Assim, vamos começar como uma visão geral rápida do modelo de uso.

Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

No Rational Team Concert, nós queremos que os usuários se beneficiem da habilidade do SCM de rastrear e definir versões de suas alterações, quer você esteja ou não pronto para compartilhar tais alterações com sua equipe. Adequadamente, como um usuário, você tem seu próprio espaço de trabalho do repositório particular que armazena as alterações feitas, independente de quando você decide disponibilizá-las para sua equipe. Algumas vezes, serão apenas algumas horas antes de decidir compartilhar suas alterações; algumas vezes será um dia ou mais. A chave é que suas alterações estejam no repositório e você decida quando torná-las disponíveis para sua equipe. Quando você carrega seu espaço de trabalho do repositório, os arquivos e pastas nele são transferidos para seu espaço de trabalho do Eclipse em seu computador. Para enviar uma alteração do seu espaço de trabalho do Eclipse para o espaço de trabalho do repositório você efetua o registro de entrada da alteração.

Um fluxo é utilizado para armazenar o trabalho da equipe. Quando desejar fazer alterações disponíveis para sua equipe, entregue-as de um espaço de trabalho do repositório para um fluxo. Quando desejar incorporar alterações de outros membros da equipe, você as aceita do fluxo. Observe que você também pode aceitar alterações diretamente de outro espaço de trabalho do repositório, possibilitando compartilhamento de granularidade fina de alterações entre os membros da equipe. Por exemplo, dois membros da equipe podem colaborar em uma pequena correção de erro; ou, se alguém inicia uma alteração e sai em férias, outro membro da equipe poderia continuar o trabalho e então fornecê-lo posteriormente.

scm-flows01

Todas as alterações feitas em seu espaço de trabalho do repositório são rastreados nos conjuntos de alterações. Cada conjunto de alterações é composto de uma coleta de alterações explícitas e primitivas para um ou mais arquivos ou pastas. Um conjunto de alterações também pode conter um comentário e a razão das alterações terem sido feitas, normalmente referenciando o item de trabalho relevante. A base do arquivo de origem é criada do nada mas o acréscimo constante dos conjuntos de alterações, cada um baseado em tudo que vem depois dele. Cada espaço de trabalho do repositório ou fluxo é baseado em uma seqüência de conjuntos de alterações.

Vamos começar a fazer alterações e aprenda como estes conceitos podem ser utilizados no trabalho diário.

Criando um Espaço de Trabalho do Repositório

A primeira etapa é localizar o fluxo da sua área da equipe. O fluxo é onde você compartilha seu código com sua equipe.

  1. Na visualização Artefatos da Equipe, expanda a área do projeto Prelúdio e expanda Fluxos, em seguida, expanda Fluxo da Equipe do Prelúdio para visualizar o componente. Observe que se nenhuma entrada aparecer sob Fluxos, examine o drop-down Customizar Meu Filtro na captura de tela. Abra o drop-down e certifique-se de que Todas as Áreas da Equipe estejam selecionada. Nota: Observe que no futuro, quando você for um membro de várias equipes, pode localizar filtros customizados muito úteis.Os fluxos e espaços de trabalho do repositório podem ser particionados em componentes separados. Como cada componente possui seu próprio histórico, dividir um produto em componentes é útil para equipes que constroem software em camadas no qual as peças de desenvolvem de maneira semi-independente e são implementadas separadamente. Espaços de trabalho de repositórios simples e fluxos consistem em um único componente. No nosso exemplo, o Fluxo da Equipe do Prelúdio tem apenas um componente (denominado Componente Padrão) que conterá nossos arquivos e pastas.scm24
  2. Selecione o fluxo para sua área da equipe denominada Fluxo da Equipe do Prelúdio (Equipe do Prelúdio).
  3. No menu de contexto (clique com o botão direito do mouse), selecione a ação Novo Espaço de Trabalho do Repositório…. Um assistente é exibido, possibilitando que você nomeie o espaço de trabalho do repositório que será criado a partir do fluxo.
  4. Nomeie seu espaço de trabalho do repositório Chris no Prelúdio e clique em Concluir. Isto criará e então carregará seu novo espaço de trabalho do repositório em seu espaço de trabalho do Eclipse. O carregamento deve concluir rapidamente, como ainda não há código no fluxo.
  5. Quando um espaço de trabalho do repositório é carregado, ele aparece na visualização Alterações Pendentes. Se a visualização Alterações Pendentes não estiver visível, na barra de menus selecione Janela > Mostrar Visualização > Alterações Pendentes. scm8
  6. Se você conseguiu concluir o tutorial de convite da equipe, então você concluiu um dos itens de trabalho criados quando sua área do projeto foi inicializada. Execute sua consulta Itens de Trabalho Abertos novamente e observe o item de trabalho [Juntando-se à Equipe] Criar um Espaço de Trabalho do Repositório. Você pode agora abrir esse item de trabalho e resolvê-lo da mesma forma que resolveu o item de trabalho Definir Membros da Equipe anteriormente.

Resultados: Os espaços de trabalho do repositório carregados são especiais já que sempre que você altera um arquivo ou pasta carregada em seu espaço de trabalho do Eclipse, as alterações são rastreadas e mostradas na visualização Alterações Pendentes. Aqui, você pode gerenciar suas alterações e realizar tarefas comuns, tais como:

  • Efetuar o registro de entrada das alterações em seu espaço de trabalho do repositório.
  • Organizar alterações nos conjuntos de alterações.
  • Desfazer as alterações que você fez.
  • Associar conjuntos de alterações com itens de trabalho.

Você visualizará muito mais da visualização Alterações Pendentes nas próximas seções, já que ela está realmente no centro do trabalho diário do desenvolvedor.

Autoria de Código

Uma vez que você se juntou a um fluxo, pode começar no negócio de criação de código e produção de artefatos que formam seu projeto.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaNeste ponto, se você tiver alguns pacotes Java de um pequeno projeto, poderia tentar o Rational Team Concert. Você pode importar estes projetos em seu espaço de trabalho do Eclipse agora da visualização Package Explorer selecionando a opção Importar… do menu de contexto. Mas se você não tiver nenhum código interessante com o qual iniciar, pode criar um aplicativoJava simples ou criar a projeto simples contendo um único arquivo de texto.

  1. Para ajudar na criação de um aplicativo Java simples no cliente do Jazz, selecione a ação AjudaFolhas de Dicas… da barra de menus.
  2. No diálogo Seleção da Folha de Dicas, expanda a categoria Desenvolvimento Java, selecione a folha de dicas do aplicativo Criar um Hello World e, então, clique em OK. A folha de dicas aparecerá na janela do seu cliente do Jazz e o orientará pela criação de um aplicativo Java simples. Para obter ajuda mais avançada, consulte o Guia do Usuário de Desenvolvimento Eclipse Java. Nota: Os autores deste tutorial criaram um projeto Java simples denominado Hello Prelude que visualizará nas capturas de tela no restante deste tutorial.

Colocando seu Código sob o Controle de Origem do Jazz

Assim que tiver importado ou criado manualmente algum código no seu espaço de trabalho do Eclipse, pode efetuar o registro de entrada do seu código em seu espaço de trabalho do repositório no servidor. Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaRegistro de Entrada é o processo de mover código do seu espaço de trabalho do Eclipse para seu espaço de trabalho do repositório. O termo para movimentação do código do seu espaço de trabalho do repositório no fluxo a ser compartilhado com sua equipe é entrega. Observe que você pode alterar suas preferências de Controle de Origem do Jazz para especificar o registro de entrada automático. Você também pode trabalhar desconectado e efetuar o registro de entrada posteriormente quando reconectado.

  1. Se ainda não estiver nela, abra a perspectiva Java (ícone da perspectiva Java). Se esta não for a perspectiva atual, na barra de menu selecione Janela > Abrir Perspectiva > Java.
  2. Na visualização Package Explorer, selecione o projeto Hello Prelude.
  3. Em seu menu de contexto (clique com o botão direito do mouse), selecione Equipe > Compartilhar Projeto… O assistente Compartilhar Projeto é exibido.
  4. Selecione Controle de Origem do Jazz e, então, clique em Avançar. scm125
  5. Na página Selecionar Componente do assistente, certifique-se de que a conexão do repositório chris@localhost esteja selecionado na lista drop-down na parte superior da página. Além disso, certifique-se de que Selecionar um componente em um espaço de trabalho existente esteja selecionado. Expanda Chris no Prelúdio e selecione o Componente Padrão. Clique em Avançar.
  6. scm6Embora você provavelmente não tenha que alterar qualquer coisa, na página Revisar Recursos Ignorados do assistente, verifique ou conclua os recursos para ignorar o compartilhamento. A seguir, pressione Concluir. scm126 Seu código agora foi verificado em seu espaço de trabalho do repositório, mas não foi entregue para o fluxo.

ResultadosVá em frente e alterne para a visualização Alterações Pendentes (Janela > Mostrar Visualização > Alterações Pendentes da perspectivaJava). Ela já deve ter sido aberta quando você carregou e compartilhou. Se você expandir o Componente Padrão, observará um conjunto de alterações para o projeto que acabou de compartilhar. Observe que nós rastreamos a operação de compartilhamento e as alterações correspondentes tiveram o registro de entrada efetuado automaticamente no espaço de trabalho do repositório. Observe que o conjunto de alterações já tem o comentário “Compartilhar Projetos” associado a ele (consulte a captura de tela abaixo). Você pode alterar o comentário se desejar (ou incluir comentários para conjuntos de alterações futuros que não recebem um comentário automaticamente) selecionando o conjunto de alterações e a partir do seu menu pop-up, selecione a ação Editar Comentário. A seguir, digite na caixa de edição. Quando tiver terminado, pressione a tecla Enter para aplicar o comentário.scm23

Vamos examinar outras duas maneiras de procurar os arquivos que você incluiu no seu espaço de trabalho do repositório. O primeiro é navegar na estrutura do diretório do componente. Para fazer isto, clique no Componente Padrão na visualização Alterações Pendentes e a partir de seu menu pop-up, selecione a ação Mostrar > Arquivos de Repositório. Na visualização Arquivos de Repositório visualizará o projeto que acabou de compartilhar.

scm21

Outra coisa que você pode examinar é o histórico do seu espaço de trabalho do repositório. Novamente, selecione o Componente Padrão da visualização Alterações Pendentes e execute a ação Mostrar > Histórico. A visualização Histórico será aberta e você visualizará dois conjuntos de alterações listados. O primeiro é o conjunto de alterações inicial de quando o componente foi criado. O segundo é o conjunto de alterações que acabou de criar. Dê um clique duplo no conjunto de alterações e a visualização Alterar Explorer será aberta e possibilitará que você explore os conteúdos do conjunto de alterações.

scm22

Entregando suas Alterações para sua Equipe

Nesta seção, você visualizará o conjunto de alterações representando o código que você criou. Então você associará seu conjunto de alterações com um item de trabalho existente. Finalmente, você entregará seu código para o fluxo.Por Que e Quando Desempenhar Esta TarefaTodas as alterações feitas até agora estão armazenadas com segurança em seu espaço de trabalho do repositório no repositório. Agora você deseja tornar as alterações disponíveis para o resto da equipe entregando-as.

  1. A primeira coisa a fazer é abrir a visualização Alterações Pendentes se ela ainda não estiver aberta.
  2. Selecione o conjunto de alterações e no menu de contexto (clique com o botão direito do mouse) e selecione Associar Item de Trabalho… Um diálogo é exibido.
  3. Desmarque a caixa Mostrar apenas minhas designações.
  4. No campo Contendo ID ou Texto, digite compartilhar. Ele selecionará os itens de trabalho contidos em seu resumo ou descrição a palavra “compartilhar.”
  5. Selecione o item de trabalho denominado Compartilhar código com o Controle de Origem do Jazz e clique em OK. Isto estabelece a conexão entre o código que você criou e o item de trabalho no qual resolveu fazer isso. scm109
  6. No mesmo menu de contexto, selecione a ação Entregar e Resolver Item de Trabalho…. Certifique-se de que a caixa de opção Resolver os itens de trabalho associados após a entrega está marcada. A seguir, digite um comentário, que será incluído no item de trabalho e clique em Concluir. Quando isto tiver sido concluído, seu código foi entregue do seu espaço de trabalho do repositório no servidor para a fluxo da área da equipe onde ele agora está acessível para o restante da equipe e o item de trabalho foi resolvido. scm29
  7. Atualize a visualização Histórico. Você observará que ela mostra que o conjunto de alterações foi associado com o item de trabalho. Além disso, volte para a visualização Artefatos da Equipe e clique no Componente Padrão no Fluxo da Equipe do Prelúdio e execute a ação Mostrar Histórico. Você observará na visualização Histórico que o fluxo também contém seu conjunto de alterações. scm28

Resultados: Se você abrir o item de trabalho associado com a alteração (na visualização Histórico, selecione o conjunto de alterações conforme mostrado acima e a partir de seu menu pop-up, selecione a ação Itens de Trabalho Abertos), visualizará que o item de trabalho foi corretamente resolvido e tem um link para o conjunto de alterações que você criou para este trabalho.scm112

]]>
http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/controle-de-origem-rational-team-concert/feed/
Parte 5 - Organização com as Visualizações Central de Equipes e Meu Trabalho - Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/organizacao-com-as-visualizacoes-central-de-equipes-e-meu-trabalho-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/organizacao-com-as-visualizacoes-central-de-equipes-e-meu-trabalho-rational-team-concert/#comments Tue, 12 May 2009 21:18:12 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=61
  • Lição 1: Como configurar um projeto e uma equipe
  • Lição 2: Como conectar-se ao projeto como um usuário
  • Lição 3: Como utilizar itens de trabalho
  • Lição 4: Como configurar planos de iteração
  • Lição 5: Como gerenciar e organizar o trabalho em equipe com as visualizações Central de Equipes e Meu Trabalho
  • Lição 6: Como salvar e compartilhar código-fonte
  • Lição 7: Como utilizar a Interface com o Usuário da Web
  • Lição 8: Como configurar construções de equipes
  • Aprendendo algumas das principais funções das visualizações Central de Equipes e Meu Trabalho

    Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

    A visualização Central de Equipes é o hub de colaboração customizável pelo usuário do Rational Team Concert Platform que possibilita que os membros da equipe visualizem o que está acontecendo dentro da sua equipe. A Central de Equipes é uma visualização do Eclipse com várias seções. Uma seção típica mostra um resumo conciso e conecta-se a outra visualização ou editor que apresenta as informações em mais detalhes. O usuário pode configurar quais seções estão disponíveis a qualquer momento.

    Acessando as Seções Integradas na Visualização Central de Equipes

    Como Acessar a Visualização Central de Equipes.Abra a visualização Central de Equipes.

    Ela deve estar localizada próxima à visualização Artefatos da Equipe. Se não, a partir da barra de menus, selecione Janela > Mostrar Visualização > Central de Equipes.

    tc_01

    Você pode mostrar ou ocultar uma seção integrada marcando ou desmarcando seu nome no menu principal da visualização Central de Equipes. Por exemplo, para ocultar a seção intitulada Novos Itens de Trabalho Não Designados, desmarque-a do menu:

    tc_02

    Configurando uma Seção Integrada

    Cada seção possui seu próprio menu que pode ser utilizado para configurar seu conteúdo. Nas etapas a seguir, você configurará a seção Carga da Equipe. A seção Carga da Equipe é utilizada para exibir uma carga de trabalho da equipe em uma iteração específica.

    1. No menu conectado à seção Carga da Equipe, selecione o item de menu Configurar….

    tc_032. No diálogo Configurar Carga da Equipe, configure o campo Iteração como M1.

    tc_04

    3. Clique em OK. A seção Carga da Equipe deve exibir a carga de trabalho de cada membro da Equipe do Prelúdio para a iteração M1. Se você mover o ponteiro do mouse sobre um membro da equipe, um widget suspenso exibirá mais detalhes sobre a sua carga de trabalho:

    tc_05

    Criando uma Seção Consulta

    Você pode incluir suas próprias seções baseadas em uma consulta de item de trabalho. Este tipo de seção é denominada seção Consulta.

    1. No menu principal da Central de Equipes, selecione o item de menu Nova Seção > Consultas.

    2. Em sua nova seção Consulta, clique no hyperlink assistente de configuração.

    tc_07

    3. No assistente Configurar Seção Consulta, clique no botão Incluir Consulta….

    tc_08

    4. No diálogo Selecionar Consultas, selecione a consulta previamente criada: Prelúdio > Minhas Consultas > Itens de Trabalho Abertos e clique em OK.

    tc_09

    5. Pressione Avançar no assistente Configurar Seção Consulta. A página Configurações da Seção será exibida.

    6. Na página Configurações da Seção, sob Nome da Seção, digite Todos os Itens de Trabalho Abertos, configure o Estilo como Várias Barras, configure Agrupar por como Proprietário e mantenha o Intervalo de Atualização em 5 minutos.

    tc_10

    7. Clique em Concluir. A seção Consulta refletirá estas configurações:

    tc_11

    8. Clique na barra Jamie para visualizar uma lista de itens de trabalho abertos designados para Jamie

    Utilizando a Visualização Meu Trabalho

    A visualização Meu Trabalho é a visualização customizável pelo usuário que possibilita que os membros da equipe gerenciem seu próprio trabalho. Meu Trabalho, como Central de Equipes é uma visualização do Eclipse com várias seções. Além disso, como a Central de Equipes, uma seção típica mostra um resumo conciso e conecta-se a outra visualização ou editor que apresenta as informações em mais detalhes e o usuário pode configurar quais seções estarão visíveis a qualquer momento.

    Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

    Você observará que à medida que trabalha com a visualização Meu Trabalho, ela fica marcada como suja como um editor (um ‘*’ no título da visualização). A visualização Meu Trabalho tem uma função de salvamento como um editor. Como o resto do Rational Team Concert, a visualização Meu Trabalho é bem integrada com o resto do sistema. As alterações que você fizer durante o gerenciamento do seu trabalho na visualização Meu Trabalho pode impactar diretamente os itens de trabalho e os planos da sua equipe. Se você tiver um editor aberto em um item de trabalho ou plano afetado, observará que ele também ficará marcado até que você salve sua visualização Meu Trabalho. Para abrir a visualização Meu Trabalho, selecione a açãoJanela > Mostrar Visualização > Meu Trabalho na barra de menus.

    Para abrir a visualização Meu Trabalho, selecione a açãoJanela > Mostrar Visualização > Meu Trabalho na barra de menus

    mw_01

    Observe que seus itens de trabalho designados não estão listados na seção Trabalho Atual. Você irá movimentá-los para a seção de trabalho atual em breve.

    Configuração Básica da Visualização Meu Trabalho

    Definindo e Alterando as Configurações da Visualização Meu Trabalho.

    Observe o menu principal da visualização Meu Trabalho (clique no triângulo no canto superior direito da visualização).

    Se você tiver mais de uma área do projeto, a primeira coisa a fazer seria selecionar uma através da ação Selecionar Área do Projeto…. Como você pode ver, a área do projeto Prelúdio já foi selecionada para você.

    A ação Editar Ambiente de Trabalho… o leva até a guia Ambiente de Trabalho de sua definição do Usuário. Configurar estas informações, além das informações na guia Ausências Planejadas, ajudará a tornar mais preciso o gerenciamento das suas cargas de trabalho da sua equipe.

    A ação Preferências… o leva até um diálogo onde você pode selecionar como os itens de trabalho em suas seções Trabalho são agrupados. Permaneça com o padrão para o tutorial mas sinta-se livre para experimentar o seu próprio.

    No menu para a seção Trabalho Atual (acesse utilizando o triângulo no canto superior direito da seção Trabalho Atual), selecione a ação Minha Carga de Trabalho > Desenvolvimento Principal.

    Nota: Observe que o item de menu “Desenvolvimento Principal” é o nome da linha de desenvolvimento única na estrutura da iteração da área do projeto Prelúdio. Se você tinha outras linhas de desenvolvimento definidas, pode haver outras opções. Para obter informações adicionais sobre o que são linhas de desenvolvimento, consulte Introdução aos Projetos, Equipes e Processos do Jazz; entretanto, você deve concluir este tutorial primeiro.

    A seção Trabalho Atual agora terá uma aparência semelhante a esta:

    mw_05

    Nota: Observe a barra na seção Trabalho Atual. Esta barra é a mesma que as barras na seção Carga da Equipe da visualização Central de Equipes, exceto que ela mostra apenas sua carga para o que você incluiu em sua seção Trabalho Atual para uma linha de desenvolvimento particular. No momento, você não tem nenhum item de trabalho em sua seção Trabalho Atual, portanto a barra está vazia.

    Manipulando Itens de Trabalho na Visualização Meu Trabalho

    Vamos começar a organizar seu trabalho. Você verá como a carga se altera entre outras coisas interessantes.

    Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

    Você pode arrastar e soltar itens de trabalho em torno da visualização Meu Trabalho.

    Arraste alguns dos itens de trabalho para a subseção Hoje da seção Trabalho Atual. Sua visualização Meu trabalho agora terá uma aparência semelhante a esta:

    mw_06

    Nota: Neste exemplo, eu movimentei mais itens do que seria apropriado na subseção Hoje (de acordo com suas estimativas), portanto uma subseção Amanhã foi incluída. Você pode não visualizar isto se suas estimativas foram pequenas ou pode visualizar uma subseção Próxima Semana se hoje é o último dia ou sua semana de trabalho (conforme definido na guia Ambiente de Trabalho da sua definição de Usuário, conforme observado anteriormente) ou se você moveu itens suficientes com estimativas grandes suficientes para ocupar o resto desta semana. Neste último caso, você poderia visualizar todas as três subseções. Observe como a barra da Carga de Trabalho Atual foi atualizada.

    Nota: Além disso, observe que a visualização Meu Trabalho pode ser marcada com um *, significando que foi editada. Se você quisesse abrir um dos itens de trabalho que movimentou, poderia visualizar que ele estaria marcado da mesma maneira. Certifique-se de que a visualização Meu Trabalho tenha o foco e pressione Ctrl+S para salvar. A visualização e quaisquer itens de trabalho afetados são salvos.

    Nota: Antes de salvar suas alterações, pode reverter um item de trabalho para onde ele estava. Selecione o item de trabalho e seu menu pop-up aparecerá. No menu pop-up, selecione a ação Reverter Item de Trabalho.

    Alterando Planos na Visualização Meu Trabalho

    Como alterar os planos para itens de trabalho na visualização Meu Trabalho

    1. Selecione um item de trabalho atual e a partir de seu menu de contexto, selecione a ação Plano para > Nenhuma Iteração de Destino. O item de trabalho é movido para a seção Trabalho Futuro da visualização. Observe que os itens destinados a iterações futuras também podem aparecer. Observe também que o item de trabalho foi alterado (seu campo Planejado para agora não está designado) e a visualização Meu Trabalho e o item de trabalho são marcados com um *. Salvar a visualização Meu Trabalho (Ctrl+S) salvará ambos. É claro, esta alteração do destino da iteração também será refletida em seu(s) plano(s).

    É claro, esse item de trabalho deve fazer parte da iteração M1, portanto vamos movê-la de volta.

    2. Selecione o item de trabalho na seção Trabalho Futuro e a partir de seu menu pop-up, selecione a ação Plano para > Próxima Semana. A visualização Meu Trabalho agora terá uma aparência semelhante a esta.

    mw_09

    3. Pressione Ctrl+S para salvar a alteração.

    Incluindo Seções na Visualização Meu Trabalho

    Assim como na visualização Central de Equipes, você pode incluir seções em sua visualização Meu Trabalho.

    Clique no submenu Seções sob o menu principal da visualização Meu Trabalho (acesse utilizando o triângulo no canto superior direito da visualização). Este submenu tem uma aparência muito semelhante ao mesmo submenu na visualização Central de Equipes, exceto que há poucas seções específicas da visualização Meu Trabalho listadas. As seções comuns se comportam todas da mesma maneira. Por exemplo, selecionar as ações Meus Itens de Trabalho Abertos e Novos Itens de Trabalho Não Designados faria com que a visualização tivesse uma aparência com esta.

    mw_11

    ]]>
    http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/organizacao-com-as-visualizacoes-central-de-equipes-e-meu-trabalho-rational-team-concert/feed/
    Parte 4 - Planos de Iteração - Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/planos-de-iteracao-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/planos-de-iteracao-rational-team-concert/#comments Tue, 12 May 2009 21:17:54 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=48

    Nesta seção você aprenderá como criar um plano de iteração, como editar a visão geral do plano e como equilibrar a carga de trabalho entre os membros da equipe.

    Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

    As equipes que seguem métodos ágeis normalmente dividem seu planejamento de release em uma série de iterações de desenvolvimento de comprimento fixo, com datas de encerramento fixadas. O planejamento para estas iterações envolvem o planejamento do trabalho a ser feito durante uma iteração e a designação de elementos desse trabalho para os membros da equipe. Para serem efetivos, os planos precisam estar acessíveis para todos na equipe e eles precisam se alterar dinamicamente ao longo da iteração para refletir a posição e a direção da equipe.

    No Jazz, o componente de planejamento da iteração fornece ferramentas para auxiliá-lo com o planejamento e a execução das iterações de desenvolvimento. A abordagem é simples: os planos são compostos de itens de trabalho que correspondem a determinados critérios. O tratamento dos planos como um conjunto de itens de trabalho tem as seguintes características úteis:

    • Os planos são ativos:
      • A alteração dos itens de trabalho altera o plano. Por exemplo, fechar um item de trabalho marca o item de trabalho como realizado no plano, sem a necessidade de ações explícitas adicionais.
      • A alteração do plano altera diretamente os itens de trabalho ou cria novos itens de trabalho, se necessário.
    • Os planos podem ser visualizados de diversas maneiras. Um plano pode ser facilmente reagrupado por proprietário, categoria funcional, duração ou qualquer outro critério que esteja disponível nos itens de trabalho. Você pode visualizar seu plano pessoal (todos os itens do plano designados para você).
    • Os planos estão disponíveis para todos na equipe.

    Nesta seção você aprenderá:

    • Como criar um plano de iteração;
    • Como editar a visão geral do plano;
    • Como equilibrar a carga de trabalho entre os membros da equipe

    Como este tutorial não contém muitos itens de trabalho, é difícil mostrar todos os aspectos interessantes dos planos de iteração aqui. Mas iremos cobrir o suficiente para ajudá-lo a compreender os conceitos básicos de planejamento no Jazz.

    Criando um Novo Plano de Iteração

    Nesta tarefa, você aprenderá como criar um novo Plano de Iteração

    1. Na visualização Artefatos da Equipe, expanda a área do projeto atual e selecione o item Planos.

    2. No menu de contexto (clique com o botão direito do mouse), selecione Novo > Plano de Iteração

    apt_01

    O assistente Novo Plano de Iteração será exibido.

    3. Digite um nome como Prelúdio no campo Nome e configure o campo Iteração como M1. Selecione a Área da Equipe padrão denominada Equipe do Prelúdio criada pelo Jazz durante a criação da área do projeto.

    apt_02

    4. Clique em Concluir. O editor Plano de Iteração é aberto no novo plano. Você também visualiza o plano na visualização Artefatos da Equipe:

    apt_03

    Resultados

    Agora você criou um novo plano de iteração que incluirá todos os itens de trabalho designados à Equipe do Prelúdio destinada ao marco M1. Até agora, nenhum dos itens de trabalho foram designados a esse marco e equipe ainda. Nós iremos corrigir isso nas seções a seguir.

    Editando a Visão Geral do Plano de Iteração

    A primeira etapa é fornecer uma visão geral textual dos objetivos deste plano de iteração com algumas informações importantes que você deseja compartilhar com sua equipe e com outras pessoas interessadas no trabalho da sua equipe.

    1. Inicie editando o plano: Clique no botão Editar Visão Geral botão Editar Visão Geral na barra de ferramentas do editor Planos de Iteração ou clique no link iniciar edição.

    apt_04

    2. Digite o texto a seguir na página visão geral:

    Objetivos
    
    Este plano cobre a primeira iteração do projeto Prelúdio.
    Ele lista todos os itens de trabalho pelos quais a equipe do Prelúdio atual é responsável.
    
    Orientações da Equipe
    
    Feche seus itens de trabalho imediatamente após a entrega do código relevante.
    Forneça etapas de teste para todas as interfaces de aplicativo.

    3. Formate o texto com títulos e listas

    1. Coloque seu cursor na primeira linha do texto com a palavra “Objetivos”
    2. Digite Ctrl+Space para abrir as ferramentas do Assistente de Conteúdo
    3. Selecione Título 1 (=) no menu Assistente de Conteúdo para enfatizar este título. Aplique o mesmo estilo de texto na linha “Orientações da Equipe”.

    apt_12

    d. Utilize o assistente de conteúdo para aplicar uma lista com marcadores nas duas linhas sob “Orientações da Equipe”.

    No final desta etapa, sua visão geral deve ter uma aparência semelhante a esta:

    apt_11

    4. Clique em Salvar.

    5. Clique no botão Editar Visão Geral botão Editar Visão Geral na barra de ferramentas para sair do modo de edição.

    Editando os Itens Planejados

    Agora que nosso plano tem uma visão geral, vamos fazer um triagem no item de trabalho ao despachar os itens de trabalho para seus membros da equipe:

    1. Se os itens de trabalho abertos não estão mais visíveis na visualização Itens de Trabalho, execute novamente a consulta Itens de Trabalho Abertos.

    2. Alterne para a guia Itens Planejados do editor Plano de Iteração e altere a opção Agrupar por para Proprietário.

    3. Arraste cada item de trabalho para o proprietário apropriado no plano de iteração. Isto designa o item de trabalho para a Equipe do Prelúdio e para o marco M1. No final da sua triagem de item de trabalho, seu plano deve ter uma aparência semelhante a esta:

    apt_06

    4. Para concluir seu plano, configure a prioridade e a estimativa de trabalho para cada item de trabalho:

    a. Clique no ícone Prioridade ícone Prioridade para configurar a prioridade do item de trabalho.

    b. Clique no ícone Estimar ícone Estimar para configurar a estimativa do item de trabalho.

    apt_07

    5. Clique em Salvar para salvar o plano resultante. Agora que você concluiu seu plano de iteração, pode resolver o item de trabalho que designou esta tarefa para você.

    6. No editor Plano de Iteração, dê um clique duplo no item de trabalho Definir um Plano de Iteração. Isto abre o item de trabalho no editor Item de Trabalho.

    7. Marque o item de trabalho como Resolver.

    apt_09

    8. Clique em Salvar. Se você voltar para o plano de iteração, deve visualizar que o item de trabalho Definir um Plano de Iteração foi marcado com um visto:

    apt_13

    ]]>
    http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/planos-de-iteracao-rational-team-concert/feed/
    Parte 3 - Utilizando Itens de Trabalho - Rational Team Concert http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/utilizando-itens-de-trabalho-rational-team-concert/ http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/utilizando-itens-de-trabalho-rational-team-concert/#comments Tue, 12 May 2009 21:17:42 +0000 Lemp http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/?p=40

    Quando a área do projeto Prelúdio foi a primeira a ser criada, diversos itens de trabalho foram incluídos automaticamente como lembretes para realizar determinadas tarefas para concluir a configuração do seu projeto. Esta seção o conduzirá pela localização e edição de alguns destes itens de trabalho criados automaticamente.

    Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

    No Rational Team Concert, um item de trabalho é uma noção generalizada de uma tarefa de desenvolvimento. Tipos normais de itens de trabalho são defeitos, aprimoramentos e tarefas. Os itens de trabalho são utilizados como indicadores-chave da qualidade e funcionamento do projeto junto com o status da construção e outros indicadores. Os itens de trabalho ajudam a equipe a rastrear e coordenar seu trabalho.

    Como no sistema de rastreamento de erros, os itens de trabalho são utilizados para os seguintes propósitos:

    • Para identificar e descrever atividades
      • um relatório de erro
      • um aprimoramento de recurso
      • uma extensão de recurso
      • uma tarefa simples como limpeza de código, verificação de dependências
      • um requisito do cliente
    • Para rastrear um histórico de discussão do item de trabalho
    • Para conectar documentos e vinculá-los a outros artefatos como parte da discussão

    Mas os itens de trabalho do Jazz vão um passo além. Os itens de trabalho também são utilizados para os seguintes propósitos:

    • Para transferir tarefas entre os membros da equipe
    • Para vinculá-las com alterações de códigos para que você possa navegar do código para o item de trabalho ou vice-versa
    • Para planejar estas tarefas dentro de um marco de desenvolvimento ou iteração
    • Para informar o resto da equipe na qual cada usuário está trabalhando
    • Para justificar suas alterações de código, fornecendo razões porque você está alterando o código
    • Para listar o conteúdo de uma nova entrega, não apenas as alterações de códigos
    • Para fornecer métricas pertencentes ao funcionamento do projeto

    Localizando Itens de Trabalho

    A primeira etapa é localizar alguns itens de trabalho interessantes, como aqueles que foram criados durante a seção de administração. O Jazz fornece um mecanismo de consulta para localizar itens de trabalho dentro de uma área do projeto. O tutorial o ajudará a criar uma consulta simples para você continuar.

    1. Na visualização Artefatos da Equipe, expanda a área do projeto Prelúdio e selecione Itens de Trabalho na lista.

    2. No menu de contexto (clique com o botão direito do mouse), selecione o item de menu Nova > Consulta para abrir o editor Consulta do Item de Trabalho.

    wi_01

    3. Digite Itens de Trabalho Abertos no campo Nome e clique no link Consulta Simples.

    query_01

    4. Na condição Status, selecione a caixa de opção Não Resolvido.

    5. Remova cada uma das outras condições clicando nos botões Remover Condição Botão Remover Condição.

    A consulta deve ter uma aparência semelhante à captura de tela a seguir:

    query_02

    6. Clique no botão Salvar.

    7. Clique no botão Executar. Os resultados da consulta aparecerão na visualização Itens de Trabalho mostrando diversos itens de trabalho.

    query_04

    Alguns destes itens de trabalho podem estar ausentes se você não conseguiu percorrer o processo Aceitar um Convite da Equipe. De forma mais geral, algumas das capturas de tela a seguir podem ser diferentes das suas devido a estes três itens de trabalho extra.

    Observe que a consulta salva é armazenada na Área do Projeto e aparecerá na visualização Artefatos da Equipe sob Prelúdio > Itens de Trabalho > Minhas Consultas.

    query_05

    Editando Itens de Trabalho

    Agora que você localizou alguns itens de trabalho interessantes, observe que você já concluiu um dos itens de trabalho na lista: Definir Membros da Equipe. Você fez isso quando havia efetuado login como você mesmo e criou a área do projeto e incluiu os usuários. Agora, você pode editar esta tarefa e marcá-la como Resolvida.

    1. Dê um clique duplo no item de trabalho intitulado Definir Membros da Equipe. O item de trabalho é aberto no editor Item de Trabalho.

    2. Como atualmente você efetuou login como Chris, altere o proprietário deste item de trabalho para ser Chris

    3. Marque esta tarefa como resolvida selecionando Resolver na caixa drop-down de status localizada na parte superior do editor. Observe que a configuração à direita é automaticamente configurada como Fixada.

    wi_02

    4. Clique em Salvar.

    5. Dê um clique duplo na consulta Abrir Itens de Trabalho para executá-la novamente. Observe que o item de trabalho que você atualizou não está incluído nos resultados da consulta porque ele está resolvido.

    ]]>
    http://kilobyte.com.br/desenvolvedores/utilizando-itens-de-trabalho-rational-team-concert/feed/