Cuba tem sua própria distro de Linux

linux-cuba

Alguns anos atrás, Steve Ballmer, CEO da Microsoft, disse que Linux é sinônimo de comunismo… E parece que ele não estava errado.

Já em 2005 Cuba começava a implementação do pinguim em seus computadores, desde computadores caseiros à empresas, para finalmente livrar-se do “sistema operacional americano” e conseguir independencia nesse sentido.

O fato é: estudantes e professores da Universidade de Ciência e Computação de Havana apresentaram esse ano, na conferência internacional de informática o “Nova”, distro do linux feita especialmente para os cubanos, que mescla um pouco de Windows e Macintosh (¬¬), mas, ele pode inclusive rodar em máquinas antigas como um Pentium II.

Isso resolve um problema muito grande quanto a segurança do sistema, já que a realidade dos cubanos é não ter grandes novidades importadas devido ao embargo entre o resto do mundo. Assim como seus carros, os computadores não são lá de última linha, o que obrigava a usar sistemas operacionais mais antigos que nem mesmo possuem mais atualizações de segurança.

Segundo Héctor Rodríguez, da Faculdade de Software Livre da UCI, 20% dos computadores de Cuba já usam Linux. Espera-se agora que em no máximo 5 anos 50% dos cubanos já estarão usando o Linux como seu principal sistema operacional.

“El movimiento del software libre es más cercano a la ideología del pueblo cubano, sobre todo por la independencia y soberanía”.

Fonte: Cuba launches own Linux variant to counter U.S. (Yahoo!)

Leia mais

Windows 7 ou KDE 4?

O pessoal da ZDnet fez um grande experimento pelas ruas de Sidney, buscando pessoas para mostrar-lhes o novo sistema da Microsoft, o KDE 4… Ops… Acho que esse não e o novo sistema da Microsoft.

O fato é: eles levaram um notebook contendo esse sistema operacional e a reação das pessoas ao ver as grandes “novidades do Windows 7″ é para dar boas risadas. Ninguém foi capaz de identificar que aquelas porcarias que mostraram não se tratava do sistema operacional da Microsoft.

Enfim, isso só prova apenas uma coisa: Não importa a merda que a Microsoft faça, ela sempre vai conseguir empurrar qualquer sistema guela abaixo dos consumidores.

Fonte: ZDnet via FayerWayer

Leia mais

Notebook CCE W93C – Core 2 Duo e 2GB de memória – review

w93c

CCE é uma marca que tem uma fama um pouco suja, principalmente pelo seu péssimo suporte, mas enfim, não levaremos em conta isso ao fazer o review desse produto.

O CCE W93C vem com Satux Linux, a meu ver, é a pior distribuição de Linux que existe, tal fato não é explicado, talvez pela falta de competência dos criadores do notebook, que poderiam muito bem ter escolhido o Ubuntu, já que o único benefício seria o sistema operacional gratuito. Tirando esse grande problema, vamos às características do produto.

Lembrando que o objetivo desse post não é analisar cada pequeno detalhe do CCE W93C, e sim fazer um resumo que pode ajudar alguém a decidir sobre a compra desse produto.

O CCE W93C possui processador Core 2 Duo de 1,8Ghz, um excelente processador da Intel que garante bastante performance em qualquer aplicativo, é extremamente recomendável. O padrão desse notebook é 2GB, mais do que suficiente para as tarefas básicas e até games. O Windows Vista, XP e Seven rodam perfeitamente com essa quantidade de memória, assim como qualquer distro do Linux.

Ele vem com um HD de 120GB, que não considero muita coisa, principalmente se você gosta de guardar séries e filmes nele, mas para usuários mais comuns é um ótimo tamanho.

Ele possui gravador de DVD, alto falantes stéreo, webcam de 1.3MP e sua placa de vídeo é Mirage 3+. Sua tela é de 14.1 (widescreen), tem uma boa resolução e claridade.

Agora chega de detalhes sobre os equipamentos, não precisamos de mais informações do que isso para traçar o perfil do notebook e tirar alguma conclusão:

O Notebook possui a pior placa de vídeo que existe no mercado, sim, a Mirage 3+ é simplesmente uma porcaria, em testes reais, um notebook com essas configurações rodaria o Need For Speed Underground 2 redondinho, mas no caso, essa placa de vídeo simplesmente não permite isso, o jogo fica travando e acaba tornando muito desconfortável.

Mas claro, tratando-se de jogos, ninguém compraria esse notebook, então vamos para outro exemplo: Ao usar o programa Macromedia Fireworks CS3, é simplesmente impossível utilizar as ferramentas de edição de imagem, como borracha e pincel, a imagem fica completamente lenta gerando um grande delay entre o que você está fazendo e o que acontece na tela. Completamente irritante. Mas, as coisas mudam quando você usa a versão antiga do programa, o Macromedia Fireworks MX, roda perfeitamente bem.

Tirando toda a parte de programa de edições de imagem e vídeo (programas mais novos, os mais antigos de 2006, 2007 rodam legal) e games, ele apresenta excelente velocidade para usar programas como o Office, gravador de DVD, Media Player, entre outros programas comuns e de escritório.

Ele é uma excelente compra, com toda certeza, mas ele também possui um grande defeito: na tentativa de criar um notebook mais barato e acessível, a CCE optou por uma carcaça um pouco “vagabunda”, ela simplesmente parece feita de plástico barato, não é resistente, qualquer pancada pode significar o fim do seu notebook, ou pelo menos do visual dele.

:P

Recomendo o notebook, ele é bastante útil, bem rápido e leve. Não esquenta muito apesar de ter sido mal montado, os únicos incovenientes ficam por conta da placa de vídeo e carcaça.

Pessoas cuidadosas vão aproveitar bem esse equipamente barato e extremamente potente.

Leia mais

Samsung R610, notebook com Blu-ray

imagen-portatil-r610_500Normalmente os notebooks para se ver vídeos em alta resolução são um tanto quanto desconfortáveis para carregar, principalmente em uma viagem. O fato é que na maioria das vezes o seu peso e tamanho acaba ocupando mais espaço do que deveria, além de ser caro pra caramba.

O Samsung R610, não muda muito esse cenário de notebooks pesados, com seus 2.8 Kg, mas, existe uma pequena vantagem sobre seus concorrentes. Ele possui uma bateria de 6 células, que proporciona uma duração maior, ele também tem uma placa de vídeo nVIDIA GeForce Go 9200M GS e o melhor de tudo: um leitor de Blu-ray.

Se procurarmos um equipamento com essas características no mercado, provavelmente seu peso chegaria à 3.5Kg, totalmente impossível de se carregar.

O Samsung R610 possui 16 polegadas, sendo na resolução 1366 x 768, que sinceramente, acho que ficou devendo um pouco nisso. Ele conta com um processador Intel Core 2 Duo, 4GB de memória RAM e disco rígido de 500GB.

Além da unidade óptica Blu-ray e saída HDMI, podemos encontrar alto-falantes de 2W por canal com tecnologia de som digital (Enhanced Digital Sound, EDS), 4 portas USB, webcam de 1.3 megapixels, cluetooth e leitor de cartões de memória.

Ainda não estou certo sobre o preço desse equipamento aqui no Brasil, mas arrisco algo em torno de R$ 2.900,00 nas melhores lojas.

Leia mais

Mouse Netbook que possui gravador de DVD

mouse_comp

Uma pergunta que sempre faço: onde termina o netbook e começa o notebook?

Talvez ninguém saiba, mas creio que a configuração do Mouse Netbook LB-F1500W esteja bem perto dessa linha. Ele possui um leitor óptico, mas não somente um CD driver, mas um leitor e gravador de DVD. Enfim, além de ter enfiado um driver de DVD dentro desse pequeno netbook, ele possui um processador Atom 1.6 GHz, 1 GB de RAM, 160 GB HD, tela de 10.2 polegadas que exibe 1024 x 600 e vêm com Windows XP.

Possui uma característica bem chamativa, mas creio que é um pouco exagerado para um NETbook. Ele custa aproximadamente R$ 1.600,00.

Eu não recomendo para usuários comuns, netbooks não foram feitos para ser potentes, e sim ter uma mobilidade excelente. Já para usuários executivos pode ser uma boa pedida, principalmente para quem vive viajando. Não sei se o DVD pode salvar a vida de alguém em uma reunião importante, mas caso esse executivo viaje para a África, quem sabe!?

Leia mais

Type Design – História, o que é e #comofas

especial-cp

Acabo de acompanhar uma palestra sobre “Type Design” feita por Tony de Marco diretamente do #cparty.

dsc_3605

+ Clique para ampliar

A palestra teve o objetivo de mostrar a história do Type Design, que existe há mais de 3000 anos, já com a criação dos hierógrafos egípcios, chineses, etc.

dsc_3604

Bom, não sou muito fã de palestras do tipo “fiz isso, fiz aquilo, ganhei isso, lucrei tanto”, e foi o que mais aconteceu, então vou tirar o básico do que aprendi e entendi sobre o que é TYPE design.

Fato de que o type design surgiu antes mesmo de Jesus, mas ele começou a ter valor juntamente com a Revolução industrial e a “doença” do marketing.

Antes da era da eletrônica/informática/internet fazer novos tipos de fontes era algo impossível e improvável de acontecer, coisa que hoje em dia se cria em 5 minutos levava-se várias semanas confeccionando.

Diferença do desenho que foi encomendado para a Fonte

A partir da era da internet, essa arte passou a ser comercializada com mais facilidade, assim como o mercado começou a exigir cada vez mais variedades para chamar a atenção dos clientes. Um dos exemplos de comercialização de fonts é o site myfonts.com, ele disponibiliza espaço para os criadores mostrarem suas fontes e assim realizarem a venda.

A atividade de Type designer não é muito comum como profissão, mas pessoas fazem isso como hobbie e até conseguem um dinheiro com isso. Hoje existem diversos professores unicamente para Type Design que estão levando essa nova arte para todos.

Visite o Cyber Campus

Esse texto, não foi exatamente parte da palestra, mas como essa atividade despertou a minha curiosidade… Google neles!

Tony de Marco trabalha exclusivamente criando novos tipos de fontes para empresas, em seu site ele conta um pouco da sua história e de sua empresa, ele fatura cerca de 65% de sua renda utilizando o site myfonts.

Leia mais

Case Mods do Campus Party 2009 – Parte I

especial-cp

Sem sombra de dúvida uma das coisas que mais chamam a atenção no #cparty são os extravagantes Case Mods criados especialmente para o evento (ou não).

Várias equipes de Geeks especializada em Modding se reuniram no evento, e vamos combinar, é cada Case Mod de cair o queixo, confira algumas fotos:

Ps.: Clique para ampliar

ps2.: Não esqueça de visitar o site da caixa que está cobrindo o evento.

ps3.: Cansei da piada do Playstation…

ps4.: Fotos por Helton Kuhnen, Wagner Fontoura, Vinicius Mont Serrat e Mané Garrincha.

Leia mais

I am PC, I am Mac, I am Linux and I am… Tirinha #2

Após o último post sobre tirinhas, decidi que irei continuar com essa seção.

Infelizmente, para o azar de todos, continuarei com meu humor ácido e sem piedade, então vai ter gente que vai ficar irritado com algumas tirinhas, mas não preocupe-se, não sou xiita de nada, todos os lados vão ser zoados, e claro, não vamos ficar apenas no panorama de Linux, Windows e Mac.

Obrigado a todos que mandaram e-mail e os que deixaram mensagem no twitter e MSN e comentaram. As críticas foram aceitas e tentarei corrigir os problems, agradeço muito também os elogios.

As tirinhas serão postadas toda segunda, quarta e sexta, e não haverá mais textos em nenhum post de tirinhas. ;)

Fiquem com a tirinha de quarta-feira: I am Mac, I am PC, I am Linux and I am…

tirinha-2

Créditos para o rosto do Michal Jackson: Fabrica de Quadrinho / Mundo Canibal

Leia mais

Nova seção de Tirinhas – Tirinha #1

Galera, é com prazer que anúncio a nova seção do Kilobyte: tirinhas.

Não é comum ver esse tipo de coisa em blogs de tecnologia igual o Kilobyte, mas a minha ideia aqui com esse blog é ser diferente, destacar da multidão e principalmente: diversificar o conteúdo.

Queremos cada vez mais implementar novas formas de levar informação, como videocast, podcast, disponibilizaremos o download das matérias em formato PDF, criaremos várias seções, vai ter pra todos os gostos. Mas por enquanto nada disso está disponível, vamos por partes, certo?

O objetivo das tirinhas é o humor, não adianta falar que vamos levar informação através dela porque isso não acontece. Mas de fato, faremos tirinhas a partir das últimas notícias ou acontecimentos na área de tecnologia, e às vezes só pra encher o saco mesmo, que é o caso de nossa primeira tirinha:

tirinha-12

Obviamente vocês podem ver que usamos o estilo de DrPepper e Cyanide & Happiness.

Como isso ainda é experimental, gostaria da opinião de vocês.

;)

Pessoal do feed, já pra cá comentá!

Leia mais

Windows 7 – Minha análise e opinião, parte 1

Essa é a primeira parte do artigo “Windows 7: Minha opinião”

Finalmente chegou, o sistema operacional que mais esperei, aliás, não chegou ainda, mas a impressão inicial que tenho com o Beta1 é muito melhor do que eu estava esperando. Nesse artigo espero mostrar tudo (ou quase) de novo que veio com a versão do ano, que foi lançada justamente com medo do ano do Linux, que de acordo com Walter Mercado seria 2010.

Inicialmente mostrarei as funções mais básicas e coisas simples, aqueles que a gente empolga fácil e depois de um tempo você simplesmente nem quer saber mais. Mas, antes de começar com as novas funcionalidades, eu preciso desabafar:

“Caralhomerdaporraputaquepariucacetepintorabocubeatles, esse Windows é BOM DEMAIS,  a usabilidade está milhões de vezes melhor que do Windows Vista e Windows XP, a economia de espaço em tela idem, o visual, que apesar de não mudar muito me agradou imensamente, PORRA, agora pode-se conectar a uma rede Wi-Fi com apenas um clique, ele carrega muito mais rápido que o Vista… porra…muito bom…putamerda”

Pronto, agora que desabafei posso continuar com o artigo sério:

Compatibilidade de drivers do Windows 7

Obviamente essa foi a primeira coisa que verifiquei no Windows 7, como todos sabem, nas primeiras versões do Windows Vista, houve muita reclamação quanto a compatibilidade de drivers, nada funcionava direito, webcans que o diga. Mas, parece que a Microsoft aprendeu essa valiosa lição: Nunca deixe os tarados sem webcam.

Para começar, o único driver que instalei foi o de vídeo e Wi-fi, todos os outros foram instalados corretamente em sua última versão.

device

Podem ficar tranquilos, pois todos os drivers para Windows Vista funcionam no Windows 7.

Barra do menu iniciar

Umas das coisas que é impossível deixar passar despercebido é a nova barra de tarefas. Inicialmente ela parece apenas uma copia do Windows Vista, mas engana-se muito quem pensa assim, dê uma olhadinha nela: (clique para ampliar)

barra-iniciar

Assim como eu vocês devem ter pensado: Nossa, os ícones de inicialização rápida estão grandes demais, mas não pequeno gafanhoto, aquilo não são apenas atalhos, dê uma olhada:

print-internet-explorer-windows-7

Clique para ampliar

Aqueles ícones não somente funcionam como atalho, mas também é onde o programa fica “minimizado”, e como mostra o print acima, eu cliquei no Internet Explorer, ele em miniatura ele exibiu um thumbnail de cada “aba”, que ao passar o mouse na aba ela já mostrava na tela cheia, economizando cliques, coisa que o Windows 7 fez com perfeição.

Inclusive, ele permite fechar cada aba por ali mesmo, nas thumbnails. :D

O novo paint do Windows 7

Tenho que ser sincero com vocês, eu empolguei até mesmo com o novo paint do Windows 7.

novo-paint-windows-7

Novo paint do Windows 7

Apenas com o Print acima dá pra perceber que ele deixou de ser apenas o “pior programa de edição de imagens que existe”, adicionaram funções muito legais nele, obviamente que não é um photoshop ou fireworks, mas para as funções mais básicas eu vou passar a usar ele.

Agora ele tem vários estilos de pincéis, balões (para sacanear aquelas imagens do linux), um sistema decente para cortar imagens, usar o print screen. Ele ainda não tem o desejado sistema de camadas, mas tá valendo, pelo menos não vou precisar instalar o Irfan View mais.

Snipping Tools – Ferramenta para tirar prints da tela

Uma das ferramentas que mais achei interessante foi a Snipping Tool, ela permite tirar print de qualquer parte que você selecionar na tela, utilizando as formas predefinidas como retângulo, onde você seleciona a área, Windows, onde você tira o printa apenas da janela que está por cima e Fullscreen, que tira printa da tela toda, mas, você também pode optar por usar o “Free-form”, onde você selecionar qualquer área da tela em qualquer forma:

free-form-snipping

Logo após você selecionar a área ele te leva a uma tela onde você tem opção de salvar e fazer algumas modificações básicas, como a cor da borda da área selecionada.

Jogos online do Xp voltaram

Assim como muitos já disseram, os jogos onlines (que vinham instalados no XP) deram as caras no Windows 7. Pelo que me lembro, houve muita reclamação porque a Microsoft retirou os jogos onlines do Windows Vista, e como a Microsoft é uma empresa que escuta as pessoas (haha, chupa essa manga Linux) eles voltaram com os games.

O único jogo que realmente tinha graça jogar era o “Damas”, está ai o print do game rodando no Windows 7:

jogo-online-damas

Calculadora:

Uma das coisas que mais me emputecia no Windows era a sua calculadora, que nem conta de porcentagem ela fazia. Mas agora, com essa nova versão todos os meus problemas acabaram. Nela é possível calcular datas, fazer conversões, usar funções de estatísticas, distância, gasto de gasolina, ficou simplesmente show!

calculadora

Calculadora Windows 7

Amanhã tem mais

Bom galera, eu falei apenas de algumas novas coisinhas do Windows 7, ainda tem muita coisa interessante para se falar, arrisco a dizer que esse post vai ter 5 partes, vamos ver, assinem o feed para não perder o teste completo com o novo sistema operacional da Microsoft. :D

Leia mais

49 queries in 0,291 seconds.